Dicas para MEI: você sabe a diferença entre custo fixo e custo variável?

Equipe SOMEI

Você sabe a diferença entre custo fixo e custo variável? Conhecer e entender sobre os custos que envolvem um negócio, é certamente um dos maiores segredos para o sucesso de uma empresa.

Conhecer os custos fixos e os custos variáveis é essencial para uma gestão financeira eficiente e que realmente traga resultados. Cuide das finanças da sua empresa MEI, conte com a SOMEI para te ajudar nisso!

Se você é MEI, mas ainda não sabe a diferença entre custo fixo e variável e nem mesmo o que significa cada um destes termos, fique tranquilo, você está no lugar certo e nós vamos ajudar você!

O que são custos?

Antes que possamos explicar a você a diferença entre custos fixos e custos variáveis, é muito importante que você conheça o conceito e significado de custos no universo empresarial.

Custos nada mais são, do que todas as despesas que uma empresa possui, sendo elas essenciais para a manutenção de suas atividades ou não como por exemplo, o aluguel, a folha de pagamento, as despesas com marketing, materiais de limpeza, materiais de escritório, água, luz, telefone, internet, dentre outras.

Em resumo, a cada saída de recursos do caixa da empresa, podemos afirmar que temos um custo.

São tantos os custos que uma empresa pode ter, não é verdade? Por isso, conhecer cada um destes custos e manter um controle eficiente sobre eles é algo muito importante para toda e qualquer empresa. Logo, isso não poderia ser diferente com uma empresa MEI.

Você controla todos os custos fixos e variáveis da sua empresa? Esperamos que sim! Mas, caso ainda não, fique tranquilo, vamos ajudar você! Continue acompanhando este artigo.

Chegou o aplicativo do MEI

O que são custos fixos?

Podemos entender como custo ou despesas fixas aquelas que se repetem todos os meses de forma previsível e independentemente de fatores como a variação da demanda de vendas.

Um custo fixo é aquele que não deixa de existir, mesmo que a empresa não realize vendas em um determinado período.

Logo, como se repetem todos os meses os custos fixos, tornam-se previsíveis, o que permite ao empresário criar um planejamento para o seu pagamento com antecedência.

Veja alguns exemplos de custos fixos:

  • Aluguel
  • Água
  • Luz
  • Telefone
  • Internet
  • Salário de Funcionários
  • Entre outras

Você já possui um planejamento de custos para os próximos meses da sua empresa MEI? Qual o valor dos custos fixos mensais que a sua empresa possui hoje?

Faça com que os seus negócios cresçam, evite imprevistos! Não deixe de conhecer os custos fixos da sua empresa!

O que são custos variáveis?

Agora que você já conhece os custos fixos da sua empresa, deve estar aí se perguntando: “Mas, e os custos variáveis, o que eles representam?”

Para que não fiquem dúvidas, vamos entender o que são custos variáveis?

Diferentemente dos custos fixos, os custos ou despesas variáveis não possuem tanta previsibilidade. Na verdade, muitas das vezes até sabemos que ele existe ou pode vir a existir e até conseguimos prever o seu valor médio, mas nunca o valor exato como ocorre com as despesas fixas, ou seja, os custos variáveis são meio que imprevisíveis.

Como regra, os custos variáveis estão relacionados com o volume de produção ou de vendas da empresa e portanto, sofrem variação de um mês para o outro.

Podemos citar como exemplo o custo com o pagamento de comissões sobre as vendas, afinal para uma empresa que paga comissão aos seus vendedores, quanto maior for o seu resultado de vendas, maiores serão os seus custos com comissões.

Outro bom exemplo, diz respeito ao pagamento de fornecedores. Afinal, quanto mais uma empresa vende, mais ela precisa comprar de seus fornecedores e portanto, maiores serão os seus custos com fornecedores.

Para empresas que não atuam como MEI, até mesmo os valores dos impostos a pagar sofrem variação de acordo com o volume de vendas.

Agora você já conhece a diferença entre custos fixos e custos variáveis e sabe por exemplo, que os custos fixos podem ser previstos e estão ligados a despesas que existem independentemente dos resultados de produção ou vendas.

Você já sabe também que os custos variáveis sofrem variação entre um mês e o outro, sendo relacionado ao volume de negócios e vendas gerados pela empresa.

Decida ser grande hoje mesmo

Afinal, os custos são um problema para as empresas?

Muitos empreendedores acabam vendo os custos como um grande problema dentro das suas empresas, mas isso não é necessariamente uma verdade.

Os custos são essenciais para o funcionamento de qualquer negócio, logo não existe empresa no mundo que não possua custos. Sendo assim, não podemos e não devemos encarar os custos como um problema, mas sim aprender a gerenciá-los da forma correta.

Não podemos afirmar, por exemplo que os custos variáveis são um problema, afinal como aprendemos anteriormente, eles surgem em virtude de maiores volumes de venda ou de produção, o que naturalmente é algo bom para qualquer empresa.

Para que você não tenha mais medo dos custos que envolvem a sua empresa MEI, separamos três dicas MEI importantes, sobre a gestão de custos, veja:

1.Mantenha as finanças da sua empresa organizadas: O primeiro passo para uma boa gestão de custos, é a organização.

Conhecer e manter organizada todas as receitas e despesas/custos de uma empresa é algo primordial.

2.Não permita que a sua empresa MEI tenha mais custos que receitas: Outra dica importante diz respeito ao equilíbrio entre custos e receitas.

Nenhuma empresa que pretende continuar ativa no mercado pode ter mais custos, ou seja, contas a pagar do que tem a receber pelas suas vendas e serviços.

Faça uma análise dos custos da sua empresa, negocie com fornecedores, veja quais são os custos que podem ser reduzidos sem comprometer a eficiência da sua empresa. Faça mais com menos! Tenha mais lucros!

3.Crie uma reserva de emergências para a sua empresa: Por fim, mas igualmente importante as demais dicas, temos a reserva de emergência.

É muito importante que toda empresa, sendo ela MEI ou não, tenha uma reserva mínima de emergência para que em momentos de maior dificuldade não seja necessário recorrer a empréstimos e financiamentos.

Gostou das nossas dicas? Então continue acompanhando o nosso blog!

Ah, se você ainda usa caderninhos e planilhas, é hora de modernizar e mudar a gestão da sua empresa para melhor! Baixe agora mesmo e gratuitamente, o App SOMEI! Controle de vendas e gestão para MEI em um aplicativo que dá gosto de usar.

+ Artigos

Empréstimo para MEI? Saiba como conseguir

Desde que as medidas protetivas contra o Covid-19 iniciaram, uma forte crise econômica afeta as microempresas. Em muitos casos, as…

Ler artigo

MEI: saiba o que é e como calcular o ticket médio

Introdução Você sabe quanto em média uma cliente gasta com seu produto? Já imaginou aumentar essa média e vender mais?…

Ler artigo

Empréstimo para MEI: PEAC Maquininhas

Se você é um microempreendedor individual e viu o seu faturamento cair nos últimos meses por conta da pandemia do…

Ler artigo
Arrow-up
pt_BR
pt_BR