5 gatilhos mentais que todo MEI precisa usar para vender mais

Equipe SOMEI

Você já imaginou se houvesse uma palavra mágica que quando dita fizesse com que o seu cliente fechasse uma compra? E se essa palavra aumentasse a quantidade de produtos vendidos por cliente? Isso seria ótimo, não é mesmo?

Tenho uma boa notícia para te dar: não se trata de uma palavra mágica e sim de um gatilho mental para aumentar as vendas, e o melhor é que todo MEI pode usar.

Quando usamos um gatilho mental em uma negociação ou em um simples atendimento a um cliente, as chances de efetivarmos uma venda e vendermos mais é maior. Mas, como isso funciona? O que é um gatilho mental? Como usar isso, na prática?

Essas respostas ajudarão você, empreendedor a aumentar suas vendas consideravelmente e se destacar nos negócios. Leia atentamente a esse artigo.

O PODER DE PERSUASÃO DO VENDEDOR

Todo vendedor usa estratégias de vendas para atrair os clientes e receber um “sim” que efetive uma venda. Um gatilho mental é uma estratégia com o objetivo de ajudar o cliente a tomar decisões.

A missão do vendedor é exatamente guiar os processos de tomada de decisão de compra do cliente, fazendo com que ele tenha mais clareza e agilidade nas escolhas.

Para isso, é indispensável que o vendedor consiga identificar as reais necessidades do cliente e tenha habilidades de persuasão e negociação. A questão é: como desenvolver essas habilidades?

Entenda, estamos falando de uma habilidade de persuasão. Isso não quer dizer manipulação. O segredo está em ajudar os seus clientes a fazerem boas escolhas e a partir de então, efetivar boas vendas.

Para entender como funciona as habilidades de persuasão como os gatilhos mentais, vamos compreender um pouco o funcionamento de nossa mente na tomada de decisões.

Chegou o aplicativo do MEI

A MENTE E A TOMADA DE DECISÃO

De acordo com um artigo divulgado pelo The Wall Street Journal, uma pessoa adulta toma em média 35 mil decisões por dia, que vão desde as mais simples escolhas como, por exemplo, qual sapato calçar até grandes negociações.

O fato é que o nosso cérebro toma várias decisões no “piloto automático”. É como se o nosso cérebro criasse programações para executar tarefas de forma automática, assim poupamos tempo e energia.

Isso acontece quando fazemos tarefas corriqueiras ou que exijam pouco grau de concentração, como, por exemplo: escovar os dentes, dirigir em uma estrada vazia, amarrar o cadarço ou varrer a casa.

O segredo do gatilho está exatamente em acessar o “piloto automático” do seu cliente. Dessa forma, é possível desencadear reações automáticas e intuitivas.

O QUE SÃO GATILHOS MENTAIS?

Agora sim ficou fácil entender o que são os gatilhos mentais. Todo gatilho mental é uma reação isolada que gera reações automáticas.

Mas vamos esclarecer algo: o papel persuasivo do vendedor não tem o intuito de convencer ou induzir um cliente a comprar algo desnecessário, que ele não vá usar. O objetivo não é gerar uma venda somente para somar mais um número.

O gatilho mental é uma tática que provoca uma reação automática no cliente, fazendo tomar decisões mais rapidamente e com maior clareza, atendendo sempre as suas necessidades.

O vendedor precisa desenvolver essa habilidade com ética e cuidado.

Está preparado para conhecer alguns gatilhos mentais que irão alavancar as suas vendas? Fique atento as dicas que preparamos para você.

Decida ser grande hoje mesmo

5 GATILHOS MENTAIS INFALÍVEIS

1 – ESCASSEZ

Você já deve ter ouvido a frase “tive que perder para dar valor! ”.

Essa é uma realidade no mundo comercial. As pessoas costumam dar mais valor àquilo que é escasso. Quanto mais difícil for conseguir algo, mais raro e valioso ele será.

Nesse sentido, quando o cliente estiver inseguro quanto a comprar o seu produto, a possibilidade de não podê-lo mais adquirir agirá como um gatilho mental.

Exemplos práticos sobre o gatilho da escassez são os anúncios como: “ultimas vagas”, “quantidade limitada”, “última oferta”.

2 – AUTORIDADE

Embora seja um gatilho eficaz, é também um gatilho perigoso e todo cuidado ao usá-lo é pouco. É necessário que esteja muito evidente ao seu cliente que você conhece muito bem o que vende.

Neste gatilho, você mostra para seu cliente por exemplo quanto tempo de experiência você tem naquele tipo de mercado, fala sobre aquela receita de família que já vem desde seu bisavô, conta como o seu produto ou serviço é o preferido da região, etc.

Não dá para persuadir uma pessoa de que um produto é bom se você não possui autoridade e experiência para esclarecer a composição e o funcionamento do produto.

Mas, veja bem: a humildade é a chave do gatilho autoridade.

3 – RECIPROCIDADE

O cliente precisa entender que você está tentando ajudá-lo a solucionar um problema e não empurrar um produto. Portanto, seja gentil, afinal: gentileza gera gentileza.

Ofereça-lhe uma amostra grátis, um bônus, um material complementar, um acesso extra, enfim, garanta que seu cliente fique satisfeito com o seu atendimento.

Quando você entrega muito valor para a vida do seu cliente, ele sente necessidade de retribuir.

4 – PROVA SOCIAL

As pessoas tendem a comprar produtos que estão sendo usados pela maioria.

Imagine um restaurante caro com uma fila gigante e outro restaurante barato sem nenhum cliente. Em qual dos dois você iria? Bem, a maioria escolheu o restaurante caro. Logo, conclui-se que deva ser a melhor opção.

Assim, para ativar esse gatilho mental você deve usar depoimento de clientes, números de pesquisa de satisfação, quantidade de produto vendido, imagens de pessoas fazendo uso do produto e engajamento nas redes sociais.

5 – ANTECIPAÇÃO

Você já reparou que quando assiste um trailer de um filme empolgante, você fica ansioso para assistir ao filme todo? Isso acontece porque foi ativado em você o gatilho da antecipação.

Assim, planejar o lançamento de um produto com uma publicidade que libere informações ou dicas sobre ele, gerará em seu cliente expectativas em relação ao produto. Para tanto, é preciso mostrar a sua funcionalidade e como o produto poderá ajudar o cliente em suas necessidades.

TENHA CUIDADO COM OS GATILHOS MENTAIS

Se o seu cliente perceber que você está a todo custo tentando vender-lhe algo, você estará “dando um tiro no pé”. Os gatilhos mentais são táticas poderosas para convencer o seu cliente a comprar seu produto mais rapidamente, mas devem ser aplicadas de forma ética e consciente.

O grande objetivo da aplicação de um gatilho mental é estimular o lado emocional e intuitivo de seu cliente.

Comece agora a aplicar essa incrível ferramenta de vendas!

Bora Crescer e Vencer!

+ Artigos

Pré Black Friday do MEI: atrair público e preparar o negócio

Você já parou para pensar o quanto a publicidade tem o poder de influenciar as pessoas? Bem, se isso não…

Ler artigo

5 dicas para o MEI lidar com a queda nas vendas

As vendas caíram? Então é hora de conferir as 5 dicas que o SOMEI preparou para ajudar você a lidar…

Ler artigo

Dicas para MEI: como vender mais no Instagram

Você já reparou que o comportamento de compra das pessoas mudou de forma significativa com a pandemia do Coronavírus? Com…

Ler artigo
Arrow-up
pt_BR
pt_BR