Pré Black Friday do MEI: o que NÃO fazer

Equipe SOMEI

A campanha Black Friday está batendo na porta e o otimismo dos empreendedores junto ao desejo de compra dos consumidores vai fazer o maior evento promocional de 2020 ser inesquecível.

O site de Economia IG indica um levantamento realizado pela ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) com dados otimistas para as vendas da campanha Black Friday 2020.

Os economistas da IG, consideram um crescimento de 77% nas vendas online. Isso, porque os hábitos dos consumidores estão sofrendo grandes mudanças com a pandemia do Covid-19 em todo o mundo.

O MEI precisa ficar atento ao que fazer e ao que NÃO fazer para que o evento seja um sucesso.

Cometer erros é uma característica dos seres humanos. Porém, evitá-los é uma atitude de sabedoria. Por isso, vamos dar cinco dicas incríveis para você, MEI, que está esperando a Black Friday com animação.

1. NÃO DEIXE O PLANEJAMENTO DO BLACK FRIDAY PARA A ÚLTIMA HORA

Um dos principais erros de um empreendedor é deixar o planejamento das campanhas para a última hora. Campanhas especiais precisam de planejamentos especiais.

O brasileiro está cada vez mais apoiador da Campanha Black Friday. A cada ano as expectativas de vendas para a última sexta-feira de novembro crescem.

São as esperadas compras antecipadas de final de ano.

O planejamento deve envolver:

  • A preparação do estoque;
  • A definição das promoções: preço e formas de pagamento atrativos;
  • A preparação visual da loja física e virtual;
  • O treinamento da equipe de vendas para a fidelização dos clientes.

Quer saber mais como planejar a companha Black Friday? Clique aqui.

Chegou o aplicativo do MEI

2. NÃO FAÇA PROPAGANDAS E PROMESSAS FALSAS

Você sabia que 35% das pessoas que não compram na Black Friday, tem esse comportamento porque não acreditam nas promoções oferecidas? Esse dado foi apontado pela pesquisa Behup – Pesquisa Black Friday 2020 para Análises & Insights, do grupo Globo.

A mesma pesquisa aponta que 8 em cada 10 pessoas vão analisar a oferta, ou seja, irão considerar se realmente é uma promoção antes de decidir pela compra.

As falsas ofertas provocam desapontamentos aos clientes e com certeza comprometem a imagem no anunciante.

  • Não prometa produtos se você não os terá em estoque;
  • Não prometa prazos de entrega que não poderá cumprir;
  • Não eleve os preços dos produtos no mês de novembro para abaixá-los na data da campanha. Isso é um erro imperdoável.
  • Não prometa parcelamento sem juros, se não poderá cumpri-los.
  • Não venda produtos de mostruário (com pequenos danos e defeitos) como se fossem novos.

Antes de definir quais serão suas promoções, certifique-se de que todas são permitidas e que poderão ser atendidas.

3. NÃO SUBESTIME O SEU CLIENTE

Sabe aquele ditado: “quem vê cara, não vê coração”? Vamos muda-lo para: “quem vê cara, não vê o bolso”.

Não subestime o seu cliente em nenhum ponto de vista. Vou citar dois exemplos de erros horríveis com relação à subestimação de clientes:

  • Não pense que o seu cliente não tem conhecimento do produto que você vende.

Isso é um fato: se você não conhece o seu cliente, não o subestime com relação ao produto que ele procura. Ele pode entender das características do produto muito mais do que o vendedor.

  • Não pense que o seu cliente não pode pagar por um produto melhor.

Já vi casos de vendedores subestimarem o bolso de um cliente e “se darem mal”. Ofereça ao cliente todas as opções que você possui, independente de valores.

Decida ser grande hoje mesmo

4. NÃO SE PREOCUPE SOMENTE COM A VENDA. FOQUE NO PÓS VENDAS.

Esse erro sem dúvida pode causar consequências ao longo prazo. Os vendedores que estão preocupados somente com a venda e se esquecem do pós-vendas, estão desperdiçando uma grande oportunidade.

A Black Friday é uma chance de fidelizar clientes. Para isso, é necessário um atendimento exemplar e o foco no pós-vendas.

Garantir um cadastro completo com informações relevantes sobre o cliente é a maneira mais inteligente de planejar o pós-vendas. Veja algumas dicas:

  • Mande uma mensagem perguntando se o produto atendeu as necessidades do cliente. Ofereça ajuda para o que ele precisar.
  • Mande mensagens divulgando novos produtos e novas promoções de sua empresa.
  • Não se esqueça das felicitações de aniversários e datas comemorativas importantes, como Natal, dia das mães, etc.

Lembre-se: a fidelização de um cliente depende de dois fatores: atendimento de vendas e pós-vendas, ambos com perfeição.

Quer saber mais sobre Fidelização de Clientes na Black Friday? Clique aqui.

5. NÃO ECONOMIZE NO MARKETING DIGITAL

Se tem um ponto importante nos tempos atuais é o “tal do marketing digital”. Não há negócios que não combine com as estratégias de marketing digital.

O marketing digital deve ser utilizado independente do negócio: seja ele presencial ou virtual.

Se ligue nas dicas:

  • Divulgue suas promoções em todas as mídias que você tem familiaridade. Use o Facebook, Instagram, YouTube, e as demais redes que você conheça e saiba usar.
  • Tenha um perfil comercial: isso tornará suas divulgações mais profissionais.
  • Lembre-se: “uma imagem vale mais que mil palavras”, então, capriche nas fotos e vídeos. Faça tudo da maneira mais profissional possível.
  • Use vídeos curtos.
  • Não use muita informação escrita.
  • Se puder, conte com a divulgação de um influenciador digital. Isso poderá lhe custar um investimento, mas os resultados podem ser promissores. A pesquisa Behup do grupo Globo, apontou que 22% dos brasileiros com intenção de compra na Black Friday poderão ser influenciados pelas redes sociais de celebridades e influenciadores digitais.
  • Aposte na publicação de anúncios nos Stories. Atualmente, as pessoas costumam assistir mais os storiesdo que rolar o feed para ver as publicações.

Quer aumentar as suas vendas usando o Instagram? Clique aqui.

  • Não deixe de divulgar sua campanha através do WhatsApp.

Quer saber como aumentar as vendas pelo WhatsApp? Clique aqui.

E aí MEI? Gostou das dicas? Está preparado para aumentar suas vendas na Black Friday?

Agora é hora de colocar em prática o que aprendeu e fazer dessa campanha um verdadeiro sucesso! Boas vendas!

+ Artigos

Marketing para MEI: ramo de alimentação

O ano de 2020 está sendo marcado por muitas experiências desafiadoras e com certeza a mudança no ramo alimentício foi…

Ler artigo

Dicas para MEI: como vender mais no Instagram

Você já reparou que o comportamento de compra das pessoas mudou de forma significativa com a pandemia do Coronavírus? Com…

Ler artigo

Marketing para MEI: como vender bem, para vender sempre!

Se pudéssemos ter uma fórmula simples para vender bem em todas as fases do ano, mesmo com as crises, com…

Ler artigo
Arrow-up
pt_BR
pt_BR