Pré Black Friday do MEI: saiba como se planejar

Equipe SOMEI

Se para os consumidores, a Black Friday é um evento muito esperado, imagine então para o MEI! A data promete ser marcante no ano mais incomum dos últimos tempos.

Em meio a pandemia, desemprego, isolamento social, desenvolvimento do e-commerce e a luta para aproveitar as oportunidades do momento, surge a expectativa de crescimento nas vendas do final de ano.

A Black Friday 2020 está agendada para o dia 27 de novembro. Estamos falando da maior campanha de vendas com descontos atrativos para todas as categorias. E você, MEI, não pode deixar para se planejar na última hora.

Suas ações para disparar nas vendas têm de começar agora: na primeira semana do mês. Para te ajudar nessa missão preparamos uma lista de dicas imperdíveis que irão desenvolver seus negócios.

Fique atento!

1. PREPARE O SEU ESTOQUE

No último bimestre do ano, as expectativas de vendas são mais importantes por conta de dois eventos: o primeiro, é a Black Friday.

A data se firmou no Brasil desde 2011 e vêm conquistando a cada ano clientes mais exigentes em relação aos produtos, preços, prazos de pagamento e prazo de entrega.

A segunda data esperada é o Natal. Garantir um estoque de produtos apropriado para atender o número de vendas das duas datas é o primeiro ponto que o MEI deve considerar.

Segundo dados da Behup (Pesquisa Black Friday 2020 para Análise & Insights) realizada pela Globo, 42% das pessoas entrevistadas afirmaram que vão comprar na Black Friday  2020. E mais: dos consumidores com objetivo de compra, 39% afirmam que a campanha promocional será ainda mais importante esse ano.

A pesquisa afirma que a intenção de compras também foi alterada nesse ano, 65% das pessoas dizem que comprar algo na Black Friday será uma forma de se presentear.

A pergunta que não quer calar é: VOCÊ MEI, ESTÁ COM O SEU ESTOQUE PREPARADO PARA ATENDER ESSE NÚMERO DE VENDAS?

Chegou o aplicativo do MEI

2. DEFINA QUAIS SERÃO SUA PROMOÇÕES

A pesquisa realizada pela Globo perguntou “Qual o significado da Black Friday” para as pessoas entrevistadas. A resposta demonstra um grupo considerável de consumidores que estão em busca de preços promocionais.

67% das pessoas entrevistadas afirmam que a data remete à promoção, e 66% à descontos.

O MEI deve definir de forma planejada quais serão os produtos que terão seus preços diferenciados para essa campanha e qual a margem de desconto que será aplicada.

Definir esses pontos de forma estratégica é essencial para garantir a saúde financeira do negócio. Afinal, os percentuais de descontos não podem ser determinados de forma aleatória.

É preciso estabelecer quais produtos entrarão em promoção, qual o percentual de desconto desses produtos e qual o faturamento e lucro esperados na campanha.

3. DEFINA PRAZOS E FORMAS DE PAGAMENTO ATRATIVOS

A Behup percebeu que o parcelamento é a forma mais simples, rápida, segura e atrativa para se estabelecer os pagamentos. 67% dos entrevistados afirmam que a opção de pagamento em crédito é a mais desejada.

Mas, não se engane acreditando que essa será a única forma de pagamento escolhida pelos clientes. Os consumidores estão interessados em descontos atrativos e nesse quesito o poder do dinheiro na mão é o que dita as regras da negociação.

42% das pessoas entrevistadas declararam que irão pagar à vista e em dinheiro as suas compras realizadas na campanha da Black Friday.

Estabelecer prazos diferenciados para o pagamento através de cartão de crédito e preços especiais para quem paga à vista no dinheiro é fundamental para destacar seus negócios durante a campanha.

Decida ser grande hoje mesmo

4. PREPARE SUA LOJA FÍSICA OU VIRTUAL

O site de notícias G1, informou que o faturamento de lojas online no Brasil cresceu 47% no primeiro semestre de 2020, sendo essa a maior alta da história do e-commerce.

Mas isso não quer dizer que os clientes não seguem comprando em lojas físicas. A pesquisa Behup descreve um público cada vez mais multicanal, onde consumidores dividem suas compras em lojas físicas e virtuais.

55% dos entrevistados comunicaram sua vontade de compra em lojas físicas e virtuais; e 29% afirmam que só comprarão pela internet. É precipitada a ideia de que os clientes deixarão de comprar em lojas físicas.

O MEI deve preparar seu empreendimento, seja ele físico ou digital. Veja algumas dicas práticas que podem ser utilizadas.

Para lojas físicas:

  • Organize sua vitrine: cuide para que a comunicação visual dos produtos expostos não sobrecarregue o olhar do cliente. Defina de forma segura o que você realmente quer que o seu cliente veja.
  • Cuide da iluminação de sua loja: dê um up na iluminação da loja e coloque pontos de luz em locais estratégicos de produtos promocionais.
  • Destaque os produtos promocionais: coloque os produtos que você deseja que tenham um maior envolvimento de vendas em locais estratégicos de destaque em sua loja. Eles precisam estar na altura do olhar do cliente e em locais de fácil acesso.
  • Foque na comunicação visual do ambiente: cartazes comunicando descontos diferenciais são importantes para manter uma comunicação centrada na campanha. Não faça nada de forma amadora ou enganosa. Garanta que a comunicação seja clara e que cumpra todas as regras pedidas pelos Órgãos de Defesa do Consumidor.
  • Garanta um atendimento personalizado: você não precisa investir muito dinheiro em embalagens sofisticadas, mas garanta que elas possuam o nome de sua marca para que você possa ser lembrado após a compra. Outro fator importante é garantir um atendimento único, personalizado e voltado às necessidades de seu cliente.

Para lojas virtuais:

  • Dê uma “repaginada na cara do seu site”. Já ouviu a expressão: “a primeira impressão é a que fica”? Pois é! Com o seu site isso não é diferente. Capriche no visual de sua página de vendas.
  • Destaque os produtos promocionais: dê ênfase aos produtos que você escolheu como promocionais. Capriche nas fotos e nos anúncios. Destaque os preços, as formas de pagamento e o prazo de entrega.
  • Garanta que você vai conseguir cumprir o prazo de entregas estabelecido.

Vamos dar um pouco mais de ênfase para esse último ponto que abordamos: o prazo de entrega das vendas online.

Uma matéria do Jornal Nacional no último mês destacou os desafios do comércio eletrônico frente as reclamações nos atrasos de entrega.

Não coloque em seu site, prazos de entrega que você não consiga cumprir. Estude o plano logístico que sua MEI pretende praticar para o período promocional, considerando um aumento nas vendas.

Já foi dado a largada para a Black Friday 2020. E você: já preparou sua MEI para essa campanha promocional? Foque no planejamento e boas vendas!

Quer saber mais sobre estratégias para aumentar suas vendas? Clique aqui.

+ Artigos

5 dicas para o MEI lidar com a queda nas vendas

As vendas caíram? Então é hora de conferir as 5 dicas que o SOMEI preparou para ajudar você a lidar…

Ler artigo

Dicas para MEI: como calcular preços de venda

Dicas para MEI: Você sabia que o cálculo do preço de vendas influencia o seu negócio em diversos aspectos? Como…

Ler artigo

Empréstimo para MEI: Juro zero para MEIs de São Paulo

A pandemia do Covid-19 aumentou a necessidade de créditos para micro e pequenas empresas. O Empréstimo MEI, para muitos, é…

Ler artigo
Arrow-up
pt_BR
pt_BR