MEI: saiba o que é e como calcular o ticket médio

Equipe SOMEI

Introdução

Você sabe quanto em média uma cliente gasta com seu produto?

Já imaginou aumentar essa média e vender mais?

Com o ticket médio você MEI, poderá saber o quão eficaz está sendo sua estratégia comercial e quais pontos podem ser melhorados.

Veja a seguir por que essa métrica é tão importante, como calculá-la e de que maneira você pode lucrar com ela.

O que é ticket médio?

O ticket médio nada mais é que um indicador financeiro que revela o quanto uma empresa fatura em cada venda, em média.

Este valor é determinado pela média entre o montante de suas vendas e o número de clientes que geraram esse volume de compras.

Por exemplo:

Vamos supor que você tem uma loja de calçados em que tem uma média de R$ 100,00 por venda.

Ou seja, quando um cliente entra na sua loja e decide comprar algo, você sabe que a média de gastos dele é de aproximadamente R$ 100,00.

Pode acontecer de alguns clientes gastarem mais outros gastarem menos, mas a média é esse valor.

Assim, levando em consideração que é mais fácil vender para os clientes fidelizados do que conquistar novos clientes, o ticket médio é a métrica perfeita.

Chegou o aplicativo do MEI

Como calcular o ticket médio

Aí você deve estar se perguntando: Como eu chego nesse resultado?

O cálculo do Ticket Médio é muito simples, basta você pegar um valor que a sua empresa fatura em determinado período e dividir pelo número de vendas que você teve naquele mesmo período.

Por exemplo:

Se a sua loja faturou R$ 5 mil no mês de março e fez 50 vendas, você calcularia assim:

R$ 5.000,00 / 50 = R$ 100,00

Cinco mil reais do faturamento, dividido por cinquenta vendas, que resultaria em cem reais de ticket médio no mês de março.

Simples, não é?!

Com o ticket médio é possível sua empresa identificar se aquela campanha de venda ou promoções foi lucrativa ou não.  

Por isto, que acompanhar o Ticket Médio é muito importante para o crescimento inteligente de sua empresa.

Margem de lucro para o ticket médio

Para aumentar o ticket médio, é fundamental saber exatamente qual a margem de lucro da sua empresa.

E para definir uma margem de lucro é só estipular o quanto determinado produto rende para a empresa depois de cobertas todas as despesas com produção e distribuição.

Ou seja, é o lucro da sua empresa em cada venda.

Para calcular a margem de lucro basta dividir o lucro pela receita total, multiplicando o resultado por 100.

Por exemplo:

Vamos imaginar que uma empresa fatura 5 mil em um mês e teve custos de R$ 2 mil nesse mesmo período.

Receita total: R$ 5.000

Custos:  R$ 2.000

Lucro: R$ 5.000 – R$ 2.000 = R$ 3.000

Margem de lucro: R$ 3.000/R$ 5.000 = 0.60 x 100 = 60%

Assim, a margem de lucro desse mês é de 60%. Ao realizar ações para aumentar o ticket médio, é fundamental também acompanhar a margem de lucro do seu negócio.

Decida ser grande hoje mesmo

Correto preço no produto e o ticket médio 

O preço do produto impacta diretamente no valor do ticket médio.

Por isto que você deve sempre estar atento a readequação do valor da sua mercadoria, considerando a concorrência, o tipo de produto vendido e o custo-benefício.

Sabemos que estipular o preço de venda corretamente, ainda é um desafio para muitos comerciantes.

Isto acontece principalmente com aqueles que se baseiam apenas em seu feeling, ou seja, sentimentos pessoais para traçar estratégias.

Mas aliada com um cálculo de custo por mercadoria vendida, é possível conhecer um indicador seguro de quanto uma mercadoria custa, desde sua chegada ao estoque até o momento em que é vendida.

Veja aqui dois artigos que te ensinam a calcular o preço para seus produtos e serviços:

Dicas para MEI: como calcular preços de venda por markup

Dicas para MEI: como calcular preços de venda por margem de contribuição

Dicas para aumentar o ticket médio

Mais importante que aprender a calcular e analisar essa métrica, é necessário saber o que fazer a partir desta análise.

Para aumentar o ticket médio não tem mistério.

Você pode criar promoções, combos para vendas casadas e diversificar os canais de venda, por exemplo.

Veja exemplos de como cada estratégia funciona:

Variedades de produtos: Ofereça um mix de produtos para cliente comprar mais. Por exemplo: se sua loja vende roupas femininas, para aumentar o ticket médio, uma boa ideia seria oferecer outras peças de roupas e montar um look perfeito. Veja também como controlar seu estoque aqui no seu blog dos Somadores.

Ótimo no atendimento: Hoje em dia o que diferencia um negócio de outro vai além do produto, é o atendimento humanizado. Por isto, ofereça um bom atendimento na pré-venda e pós-venda e você vai ter um cliente fidelizado que indica sua marca onde for.

Promoções e descontos: Já por dentro da sua margem de lucro, você pode criar promoções e descontos mais certeiros. Aproveite as redes sociais para fazer campanhas com conteúdo de valor e engajamento e também usar o Whatsapp business.

Verificar o que os clientes mais compram e organizar os produtos seja na loja física ou nas redes sociais da empresa, de uma forma que o estimule a levar outro produto que normalmente não compraria, também é uma boa estratégia.

Você já deve ter visto nas gôndolas de supermercado onde ficam macarrão, fileiras de queijo ralado penduradas por perto para incentivar o consumidor a levar os dois produtos juntos.

Fique esperto. Cada vez que você conseguir vender algo mais ao seu público, seu ticket médio estará aumentando.

E se conseguir este aumento, você também estará aumentando suas vendas contando com a clientela de sempre.

Conclusão

Viu como não dá para ignorar o ticket médio no seu negócio?!

Por isto que você deve usar essa métrica para fazer o correto diagnóstico das finanças e das vendas da sua empresa e no final das contas, todo mundo sair ganhando.

Dá próxima vez que for traçar estratégias de faturamento, considere colocar em prática as dicas deste artigo e faça bons negócios.

Gostou das nossas dicas sobre ticket médio?

Some com a gente, deixe um comentário e compartilhe este artigo com seus amigos empreendedores.

Até a próxima!

+ Artigos

Dicas para MEI: você sabe a diferença entre custo fixo e custo variável?

Você sabe a diferença entre custo fixo e custo variável? Conhecer e entender sobre os custos que envolvem um negócio,…

Ler artigo

Planejamento financeiro para MEI: Saiba como Fazer

O planejamento financeiro para MEI é uma das tarefas mais importantes relacionadas à gestão dos seus negócios.Portanto, se você é…

Ler artigo

Gestão financeira para MEI: 5 Erros que podem ser fatais

Você sabe tudo sobre a importância da gestão financeira para o MEI?Se você respondeu “Não” ou ficou em dúvida com…

Ler artigo
Arrow-up
pt_BR
pt_BR