Gastos desnecessários MEI: como perceber, entender e cortar

Equipe SOMEI

Você já parou para entender todas as despesas da sua empresa e saber quais são aquelas que estão diminuindo os lucros e resultados do seu negócio?

No mundo empresarial existe uma conta básica que pode definir o sucesso e a velocidade de crescimento das empresas. Ela é feita desse jeito:

  • Receitas (Entradas) – Gastos (Saídas) = Lucro do negócio.

Vendo essa conta podemos chegar a esses resultados:

  • Quanto maiores as receitas, maior o lucro do MEI;
  • Quanto menores os gastos, maior o lucro do MEI.

Sendo assim, temos dois caminhos para aumentar os lucros de um negócio: aumentar as receitas (vender mais) ou cortar os gastos desnecessários.

Nesse artigo, vamos ajudar você a aumentar os lucros dos seus negócios através da segunda opção, o corte de gastos desnecessários.

Veja as dicas que preparamos para você e entenda como reduzir ou até eliminar alguns gastos desnecessários e que muitas vezes passam percebidos.

1. Papel, cópias e impressão

Talvez você esteja se perguntando, quais são os gastos que posso reduzir ou eliminar sem comprometer o funcionamento da minha empresa?

Muitos empreendedores acreditam que apenas os cortes em grandes despesas podem fazer a diferença, no entanto é exatamente neste ponto que muitos empresários que atuam como MEI acabam se enganando.

Os cortes de gastos desnecessários precisam começar nas pequenas despesas, como por exemplo, as despesas com papel, cópias e impressão de documentos em geral.

Vivemos no tempo da tecnologia. A grande maioria dos documentos podem vistos ou até assinados por meios digitais, sem a necessidade de gastos com papel.

Vale lembrar, que além de garantir economia, o MEI que evita impressões e cópias ajuda o meio ambiente e reduz o desmatamento.

2. Energia elétrica

Os gastos desnecessários com energia elétrica também precisam ser evitados, sendo o ar condicionado o principal vilão na maioria dos casos.

Não que o MEI não possa contar e também oferecer aos clientes o conforto do ar condicionado, mas alguns casos precisam ser observados para evitar um consumo exagerado de energia.

Na hora de escolher um aparelho de ar condicionado ou qualquer outro equipamento que consuma energia elétrica, escolha modelos econômicos e que possuam o selo A de eficiência de energia do Procel.

Também é importante evitar manter aparelhos ligados à energia elétrica quando não se está usando.

Chegou o aplicativo do MEI

3. Contratação e demissão de funcionários

Um dos maiores gastos desnecessários do MEI é com a contratação e demissão de funcionários.

Para contratar um funcionário, o MEI vai ter algumas despesas, entre elas, com a realização de exames admissionais.

No momento de uma demissão, o MEI precisa pagar uma série de despesas, como a multa de 40% sobre o FGTS do funcionário.

Esses gastos costumam ser negativos nos resultados do MEI e a repetição disso deve ser evitada, principalmente quando o assunto é demissão de funcionários.

O ideal é que o MEI que pretende contratar um funcionário escolha muito bem e com bastante paciência o funcionário a ser contratado, evitando custos futuros com demissões não planejadas.

4. Falta de controle de estoque

Outro grande vilão dos gastos desnecessários do MEI é a falta de controle de estoque, empreendedores que não controlam de forma certa o seu estoque acabam tendo custos a mais ou fora de hora, como por exemplo:

  • Vencimento da validade de produtos;
  • Compras em excesso de certos itens;
  • Compra de produtos para revenda com baixa venda.

Por mais que passe despercebido por muitos microempreendedores e até mesmo por empresas de médio e grande porte, o controle eficiente de estoques é fundamental para diminuir os gastos desnecessários.

5. Não fazer orçamentos

Por falar em controle de estoque, é importante citar uma outra fonte de gastos desnecessários que precisam ser eliminados pelo MEI: não fazer orçamentos.

Ao realizar compras de produtos para revender ou até mesmo usar, o MEI precisa fazer orçamentos e negociar com fornecedores em busca de melhores preços e condições de pagamento.

O ideal é fazer orçamentos com ao menos três fornecedores diferentes, escolhendo aquele que oferece os melhores preços, prazo de entrega e condições de pagamento, sem deixar de lado a qualidade dos produtos.

Ao achar o fornecedor que oferece a melhor opção de preço e qualidade, ainda vale a pena negociar, principalmente se o pagamento for feito à vista.

Decida ser grande hoje mesmo

6. Juros e taxas bancárias

Se fosse possível escolher um campeão dos gastos desnecessários para o MEI, bancos e instituições financeiras sairiam na frente com muita vantagem.

Juros, taxas e tarifas bancárias acabam resultando em gastos desnecessários para boa parte dos microempreendedores.

O ideal é evitar ao máximo as despesas bancárias, seja com tarifas de maquininhas de cartão de crédito, tarifas para emissão de boletos ou simplesmente para a manutenção da conta.

Basta uma rápida pesquisa na internet para encontrar instituições financeiras que não cobram o MEI em uma série de tarifas. Escolha a opção mais econômica para o seu negócio.

Por sua vez, em relação aos juros, a solução é montar um planejamento financeiro, controlar todas as receitas e despesas do negócio e se possível manter uma reserva de emergências.

Tudo com o objetivo de evitar a contratação de empréstimos e os gastos desnecessários com juros.

7. Telefone e internet

Por fim, temos a opção de cortar gastos desnecessários com telefone e internet.

Antes de contratar um plano de telefone e internet para a sua empresa, procure os melhores pacotes e condições de pagamento do mercado. Algumas operadoras oferecem serviços com preços especiais para as empresas.

Colocando em prática todas as dicas desse artigo, você MEI vai ter um grande corte mensal de gastos desnecessários, aumentando a sua margem de lucro.

Buscando uma solução para gerenciar melhor os gastos do seu negócio? Conheça o APP SOMEI, um aplicativo feito para ajudar microempreendedores na gestão simples e prática dos seus negócios.

Com o SOMEI você controla suas finanças, estoque e vendas do seu negócio na palma da mão!

Bacana, não é mesmo?

Então, antes de sair, clique neste link, faça o download e conheça os recursos do app para a sua empresa.

+ Artigos

5 Dicas de gestão para MEI: manutenção e conserto

Entender e praticar boas técnicas de gestão pode ser um dos maiores desafios daqueles que querem empreender e montar o…

Ler artigo

Gestão financeira para MEI: 5 Erros que podem ser fatais

Você sabe tudo sobre a importância da gestão financeira para o MEI?Se você respondeu “Não” ou ficou em dúvida com…

Ler artigo

Auxílio emergencial para MEI: como usar bem esse dinheiro

Preparamos esse artigo com algumas sugestões para você aproveitar o seu auxílio emergencial e colher bons frutos com isso. Esse…

Ler artigo
Arrow-up
pt_BR
pt_BR